Compartilhe!

A Mulher nos dias de Hoje

1349024_77797425
Imagem ilustrativa.

Por Gledsiara Pohl*

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, comemorado no dia 8 deste mês, comecei a refletir um pouco sobre o papel da mulher nos dias de hoje. Cada vez mais a mulher atual tem assumido postos e galgado cargos altos. Mais do que nunca tem adentrado ao mercado de trabalho e assumido diferenciadas situações. Nestes tempos tem se observado uma exigência desenfreada sobre as mulheres.

Seu aumento foi notório não só em cargos nas empresas como também nas celas penitenciárias, no último ano a população carcerária feminina aumentou em 250%. Percebe-se uma ascensão e ao mesmo tempo um desencontro da mulher – no sentido de saber que direção tomar.

Quanto mais se exige dela por corresponder através de sua força, mais ela se esgota emocionalmente, fragilizada e distante de saber seu real propósito. Sua força torna-lhe uma válvula propulsora, ao mesmo tempo que sua fragilidade clama por acolhimento e direção.

O que fazer diante de tantos desafios e que direção tomar diante de tantas exigências?

Precisamos nos dias atuais, mais do que nunca da direção do Senhor. A mulher precisa buscar ao Senhor e obter dEle sua direção, atentar-se para sua identidade e descobrir o projeto dEle para sua vida.

Quando a mulher busca a direção de Deus ela:

  • Encontra sua singularidade;
  • Consegue aproveitar as oportunidades que Deus lhe dá;
  • Se sujeita ao plano de Deus para sua vida;
  • Aprende a perdoar e se torna mais sensível às adversidades;
  • Atravessa os obstáculos e os mitos apresentados à sua frente;
  • Consegue ser auxiliadora e serva onde quer que se encontre;
  • Se torna uma uma esposa sábia;
  • Se contenta em estar exatamente onde Ele projetou que estivesse;
  • Tem maturidade;
  • E mais do que isso, consegue ser uma MULHER DE DEUS.

Somente numa busca permanente de Deus, nós mulheres conseguiremos ter uma vida de intimidade, de sensibilidade à sua voz e assim, obter dEle, todas as diretrizes para ser uma mulher atual sem perder a verdadeira feminilidade (Sl 105:4).

Feliz dia da Mulher! Deus as abençoe!

*A autora e seu esposo, Marcos Pohl, trabalham no ministério Hombridade na Universidade da Família.

CONHEÇA NOSSOS CURSOS