Compartilhe!
liderança

Enfrentando os Desafios Iniciais da Liderança – Parte 02

liderança

Não damos motivo de escândalo a ninguém, em circunstância alguma, para que o nosso ministério não caia em descrédito. (2 Coríntios 6:3)

 Enfrentando os Desafios Iniciais da Liderança – Parte 02

Na história da vida, podemos ou não tirar proveito dos acertos e erros das lideranças a qual estão ou estiveram sobre nossa vida, seja através de nossos pais, professores, governos, chefes, autoridades espirituais e muitos outros.

Biblicamente podemos sacar homens que cometeram erros e acertos e isso está escrito na história e que será contato por muitas gerações. Saul erra não obedecendo a Deus. Davi peca, mas se arrepende. Pedro nega, mas demonstra o cuidado com igreja. Paulo persegue a igreja de Cristo, mas depois morre por ela e assim muitos outros exemplos. Agora é você que está contando sua história e que será marcada por muitas gerações ou não.

Um grande desafio em meio a liderança que fracassou é o fato de achar que “é o erro” e não apenas aquele que “cometeu um erro”. A imagem falsa de si mesmo é que determina a caminhada ministerial, estamos mais preocupados com o que vão pensar de mim do que o que Deus pensa e fala sobre você.

Os desafios servem para nos fazer homens e mulheres melhores para o Reino de Deus. Aprenda com os erros, seja humilde em reconhecê-los, seja ensinável, seja sensível aos motivos dos outros. Mesmo assim se errar saiba: Deus nunca vai te abandonar.

 

Ação Prática para o Sucesso:

Desafios de um Líder

8º Alto nível de compromisso – Pode parecer estranho, mas um alto nível de compromisso é um grande desafio queos lideres enfrentam. O líder possui um compromisso natural com seu chamado e ministério e, normalmente, com as pessoas que serve. O líder pensa que pode alcançar e cuidar de todos – mas neste estagio o líder é bastante ingênuo sobre a realidade. Ele trabalha com conhecimento, mas lhe falta sabedoria. Ele tenta cuida de cada aspecto do ministério e, como resultado, acaba tentando abraçar o mundo. Esta é outra situação que pode facilmente levar o líder ao stress.

9º Uma Visão Idealista – O líder pode ter uma visão idealista do ministério e de si mesmo. O conhecimento ou visão da pessoa ainda não foram testados e tudo é bastante idealista. Esta visão idealista vê um quadro perfeito, sem a realidade do sofrimento em potencial. Se a pessoa não for cuidadosa, em breve vai encontrar o sofrimento. Isto às vezes traz desânimo e até mesmo desespero, se está dentro da vontade de Deus e o que está fazendo naquela situação.

10º Conhecimento – A pessoa trabalha com conhecimentos que ainda não foram testados, e isto representa outro desafio para o Líder. Ele tem conhecimento, mas é “conhecimento de livros”. Não se baseia na experiência. O líder descobre esse conhecimento e pensa que vai responder a tudo, sem entender que leva tempo para que o mesmo possa ser testado e aprovado como algo prático. Este é um problema frequente entre os líderes que saem dos colégios teológicos e vão para o ministério. Eles saem do seminário com uma abordagem idealista sobre a igreja e seu funcionamento. Eles veem uma discrepância entre o que aprenderam no seminário e a realidade da comunidade onde estão trabalhando e ficam frustrados.

11º O medo – Esse é um dos maiores desafios para o líder. Devido ao conhecimento e aos dons que ainda não foram testados, a pessoa tem medo do fracasso ou até mesmo do desconhecimento. Fica questionando se vai se um sucesso ou um fracasso. O que vai acontecer? O resultado é profunda insegurança. Mesmo quando o líder usa seus dons, ele não tem certeza de que esses dons vão alcançar o que se pretende. O medo é um desafio que precisa ser controlado a cada dia. O medo só pode ser superado pela confiança. Ele será conquistado se nos lembrarmos do chamado e do compromisso com Deus. É aquilo que o Senhor disse a Jeremias quando chamou: “Não digas: Não passo de uma criança, porque a todos a quem eu te enviar, irás; e tudo quanto eu te mandar, falarás.” (Jeremias 1:7). A palavra que precisa ser sempre repetida aos líderes é : “Não temas”.

12º Criticar os outros – É também um desafio para liderança. Especialmente no início do ministério, é fácil criticar as pessoas. É uma tentação fazer críticas duras ao modo como algo era feito no passado, sem entender inteiramente o porquê. Se o líder não se cuidar, é fácil ter um espírito crítico. Um espírito crítico que critica os métodos e as maneiras como as coisas eram feitas geralmente cria tensão entre o líder e seus seguidores. Esse espírito crítico precisa ser evitado e equilibrado através da apreciação pela realidade histórica. A abordagem mais importante para o líder nesse estágio é não aceitar necessariamente tudo o que está sendo feito, mas analisar cuidadosamente e com apreciação, e então sugerir mudanças.

13º Falta de Paciência – O líder vê o que precisa ser feito. Sua visão é clara, ele está cheio de energia – e agora é fácil perder a paciência. É um desafio manter o equilíbrio entre aquilo que o líder enxerga, como atrair as pessoas que já estavam acostumadas a fazer diferente e convertê-las ao seu modo de pensar. Este é o desafio que o líder enfrenta – e é preciso ser paciente.

14º O Sucesso – Pode não parecer um desafio, mas o sucesso é um grande desafio. No início da liderança há bastante energia, visão, empolgação e sinais de sucesso que vem de Deus. O desafio é como lidar com ele: o sucesso. O sucesso no início do ministério pode levar os líderes a se verem como indispensáveis. Eles são tentados a “descansar sobre suas vitórias”, mas sua caminhada como líderes mal começou! Sempre digo depois de um bom evento (de sucesso), normalmente baixamos nossa guarda, muitos líderes não sabem líder com sucesso e sempre se isolam dos outros em vez de descobrir o valor do trabalho em grupo e dos dons que os outros possuem. Como resultado eles acabam não passando para o próximo estágio de liderança.

“Sua vida é que ministra vida e não aquilo que você ensina, mas sim aquilo que você vive”.

Por em prática o que aprende é sinal de que tem muitas coisas ainda para aprender.
Deus os abençoe!

Marcelo Staut.

 

CONHEÇA NOSSOS CURSOS