Coisas que o Dinheiro não compra

Imagem ilustrativa.

COISAS QUE O DINHEIRO NÃO COMPRA
…você possui muitas coisas que outros não têm e talvez nunca terão na vida.

 

 Você se valoriza? 

Quantas vezes é preciso alguém dizer que você é bonito, elegante ou magro? Quando uma pessoa te elogia você respira fundo e abre um sorriso, pensa consigo mesmo: “como é bom ouvir isso!”. 

Você não precisa que os outros digam o que você é, quem não se valoriza, se desvaloriza e o que antes era reluzente ficará escondido embaixo de um monte de trapos, desculpas, falsa humildade e baixa autoestima. Reconheça a sua capacidade, beleza, trabalho, alegria, competência, persistência entre outras qualidades. 

Não é a condição financeira que determina o que uma pessoa é, mas a falta de controle financeiro determinará como ela estará, e isso é se desvalorizar. 

 

Você valoriza o que tem?

Ao ler esse artigo, fique sabendo que você possui muitas coisas que outros não têm e talvez nunca terão na vida. Você sabe ler, e muitos são analfabetos, você pode ver, e muitos são cegos. Quanto você pagaria para ver se não pudesse? 

Pense em quantas coisas você pode fazer, como andar, correr, comer, ouvir, e tantas outras coisas que seu corpo faz perfeitamente. A sua volta devem existir pessoas que infelizmente não conseguem fazer algo que você faz, e mesmo assim eles valorizam o que têm. Faça uma lista de todas as coisas que você tem, invista um tempo nisso, relacione uma a uma e no final some quantas coisas(exemplo: calça, celular, televisão, blusa, sapato, etc.).

As pessoas esquecem o que possuem facilmente, pela vontade de comprar algo novo. 

Deus é perfeito, muitas coisas são de graça, um dia lindo, a chuva e a natureza. 

 

Você valoriza sua esposa ou seu marido?

Quando era namorado investia tempo e até dinheiro, depois ficou noivo e até continuou investindo, agora depois de anos de casado não tem tempo para se arrumar e fica pensando quanto custa sair para jantar ao invés de valorizar a esposa.

Quem vive ao seu lado escuta palavras de incentivo, elogios, recebe carinho, desfruta de algum romantismo ou isso ficou no passado? O mesmo pijama velho, cabelo desarrumado, sem tempo para sair de mãos dadas, sem tempo de dar um beijo antes de sair trabalhar.

Quer saber se você valoriza o seu cônjuge? Pergunte aos filhos, mas cuidado, talvez você não esteja preparado para ouvir a resposta. Outra forma de conferir o que você acha que está fazendo certo é escrever o que vocês não fazem a muito tempo, mas cuidado, um dos dois poderá escrever um livro. 

Uma vida financeira equilibrada evita estresse no casamento, é bom o casal conversar sobre as finanças e decidirem juntos as decisões financeiras. 

 

Você valoriza seu(s) filho(s)?

Parece simples e fácil responder essa pergunta, afinal de contas você trabalha para eles, da o sustento e tudo o que eles querem. E você já perguntou para eles o que eles querem? Muitas vezes pode ser um abraço, um colo, um ombro amigo, jogar bola, soltar pipa, fazer pipoca, ir ao cinema, correr, não fazer nada, contar história, dar um presente fora de época, estudar, apenas ouvir, elogiar, incentivar, repreender e não brigar. Os filhos são páginas da nossa história, e nelas estarão escritas coisas belas e coisas tristes. A quanto tempo você não investe tempo de qualidade para que coisas belas sejam gravadas? 

Não permita que a busca pelo dinheiro consuma o seu tempo de qualidade com os filhos. 

 

Você valoriza seus amigos?

Sim, é o que você deve ter respondido, afinal o que seria dessa vida se não tivéssemos amigos?

Quantos amigos você tem, quando eles fazem aniversário, quantas vezes eles foram na sua casa, quantas vezes você foi na casa deles, eles conhecem Jesus, com que freqüência vocês se falam, quando foi a última vez que estiveram juntos? Amigos são companheiros em sua jornada, servem para momentos em que você não está com a família, servem para compartilhar coisas, descontrair, desabafar, ajudar, mostrar quando está errado, chamar atenção. A amizade é um bem precioso e por isso temos poucos amigos, os quais merecem um telefonema, convite para um almoço, para um bate papo, uma visita, um presente de aniversário, ou ser valorizado com uma frase “você é um bom amigo”. 

Segundo o dicionário, valorizar significa:

Aumentar o valor ou preço de: a abertura de estradas valoriza grandes regiões.

Aumentar o préstimo de; enriquecer: valorizar um livro, acrescentando-lhe comentários.

Reconhecer o merecimento de: não valoriza o trabalho alheio.

Reconhecer os próprios méritos, dons ou qualidades: mulher que não se valoriza. (DicionárioWeb)

 

É certo que valemos muito mais do que nos valorizamos, mais que a prata ou ouro. Para finalizar deixo mais algumas perguntas para você pensar a respeito. Você valoriza seus funcionários, superiores ou pastores? Aprenda a valorizar as pessoas pelo que elas são. 

Trabalhe e ganhe dinheiro honestamente, administre bem suas finanças e invista com inteligência. Dessa forma você valoriza 100% do recurso financeiro que Deus lhe deu e não somente 10% do que você devolve para Ele. 

“E, encontrando uma pérola de grande valor, foi, vendeu tudo quanto tinha, e comprou-a”.
Mateus 13:46

Deus os abençoe,

Altemir Farinhas.

O autor é palestrante e especialista em Finanças Pessoais, treinador do curso de finanças Crown (Universidade da Família) crown@udf.org.br, autor dos livros “Cura! Há solução para sua vida financeira” e “Dinheiro? Pra que dinheiro?”.

Twitter: ProfFarinhas
www.equilibriofinanceiro.com.br 

Deixe o seu comentário

*

Imagem CAPTCHA

*