Compartilhe!

Pr. Isaltino Gomes Coelho

Isaltino-Gomes-Coelho-Filho-232x300O dia 1º de Outubro de 2015 marcou os dois anos do falecimento do pr. Isaltino Gomes Coelho Filho. Isaltino faleceu em 2013, vítima de câncer. O pastor Isaltino era filósofo, psicólogo, teólogo e pastor, foi considerado o escritor batista com o maior número de livros publicados ainda vivo. Confira um de seus muitos estudos já apresentados:

Crises na vida do pastor e reflexos na família

Preparado e apresentado pelo Pr. Isaltino Gomes Coelho Filho, em alguns encontros de Ordens de Pastores Batistas.

INTRODUÇÃO

Para iniciar esta minha palavra, apresento minhas credenciais. Tenho dois filhos, um casal. Ele é diácono e ela é crente atuante, de testemunho evangelístico. Ambos têm cursos seculares, mas fizeram disciplinas avulsas na Faculdade Teológica Batista de Campinas. Ele ainda fez uma, na Faculdade Batista de Teologia do Amazonas. Minha esposa, após 37 anos de casados, ainda anota meus sermões. Registra todos os esboços em sua Bíblia. Costumo dizer que sua Bíblia tem mais palavras de Isaltino que palavra de Deus. Ela me leva a sério.

Não sou melhor nem pior que outros pastores. Apenas quero ressaltar que o quesito família deu certo em minha vida. As pessoas mais próximas de mim, que partilham de intimidade, crêem no que prego. Carrego como condecoração a apresentação que meu filho fez quando preguei na igreja em que ele era vice-presidente: “Vai pregar o meu pai. Meu pai é um homem da Bíblia. Ele vive o que prega e prega o que vive”. Quem me conhece intimamente sabe quem sou eu e me admira e respeita. Isto me basta. Minha família sabe que vivo minha fé e vivo o ministério pastoral. Vou falar com coração. E convicção.

Mas como pastor, tive crises de pensar em abandonar o ministério. Tive crises doutrinárias, denominacionais e de fé. Quem as nunca teve, receba meus sinceros parabéns, sem ironia. Quem as teve sabe do que falo. Nós, que tivemos e temos crises, não somos inferiores aos que nunca tiveram e não as têm. Mas esta não é a questão fundamental. A questão é: como manter a família imune aos efeitos de nossas crises ou como minimizar esses efeitos? Vamos caminhar por aqui. Dividi esta palestra da seguinte maneira: (1) Os diferentes tipos de crise; (2) Porque elas surgem; (3) Como tratar as nossas crises; (4) Como proteger a família; (5) Questões práticas; Conclusão. Comecemos, então, pelos diferentes tipos de crise que enfrentamos.

[Continue lendo].

CONHEÇA NOSSOS CURSOS