Compartilhe!
O maior erro pregado no Dia dos Pais

O maior erro pregado no Dia dos Pais

01 publicado

O Dia dos Pais é um grande momento para ministrar aos homens, aos órfãos e à sua própria família. Mas o que tem acontecido é que temos caído na armadilha da “cultura” (tradição) ao longo dos últimos 30 anos, que é a “boa informação”. Com o acesso à Internet e com a quantidade de materiais para homens, pais e questões masculinas, temos recursos que vão além da nossa capacidade de filtrar.

O maior erro que cometemos no ministério aos homens, especialmente comemorando o Dia dos Pais, e com as nossas próprias famílias é: ministramos para provocar uma reação, ao invés de resultados. Tendemos a dar informações que levem à inspiração e produzam uma reação, como sugere esse padrão: informação – inspiração – e (dentro de dias) evaporação.

Em outras palavras, as pessoas nos bancos das igrejas e em nossas próprias casas recebem tanta informação todos os dias, que as nossas maravilhosas palavras desaparecem na rotina da vida diária. Inspiração evapora.

Então qual seria a resposta?

Revelação! O que os homens precisam é uma revelação de Jesus Cristo, compartilhar a presença de Deus à vida de um homem, produzir transformação em seu estilo de vida, suas palavras e sua caminhada com Deus. O que sua própria família necessita é a revelação de Jesus, que reproduz o cristianismo em sua própria vida, e vai fazer o mesmo por eles.

A revelação de Cristo é o que aconteceu com os discípulos. Embora eles não viveram vidas perfeitas, eles nunca foram capazes de se libertar do poder de suas palavras, sua vida e sua visão para salvar a humanidade.

Diga NÃO para a antiga cultura: informação – inspiração – evaporação.

Diga SIM para uma nova maneira de ministrar: revelação – transmissão (compartilhar a presença de Deus) – transformação.

Que nesse Dia dos Pais você ministre a revelação de Jesus aos seus homens. Que você homem, ministre a presença de Deus para a sua família. Ministre transformação de vida pelo poder de Deus!

Em Sua graça e paz,
Pr. Paul Cole
Ministério CMN Internacional (Christian Men’s Network).

CONHEÇA NOSSOS CURSOS