Compartilhe!

Novembro Azul: vença o preconceito!

Novembro Azul é uma campanha de conscientização realizada por diversas entidades no mês de novembro dirigida à sociedade e, em especial, aos homens, para conscientização a respeito de doenças masculinas com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata.

novembro azul

No Brasil, o Novembro Azul foi criado pelo Instituto Lado a Lado pela Vida, com o objetivo de quebrar o preconceito masculino de ir ao médico e, quando necessário, fazer o exame de toque, e obteve ampla divulgação.

Sobre a Próstata

A próstata é o órgão essencial do aparelho reprodutor masculino. Sua função é a produção de secreção que integra 30% do volume do esperma (secreção expelida na ejaculação). Serve de transporte, alimento e proteção para os espermatozoides durante seu percurso rumo à fertilização. Situa-se logo abaixo da bexiga e em frente do reto. Circunda completamente a uretra, o que pode comprimí-la se houver seu crescimento, dificultando a eliminação da urina.

As patologias que mais comumente acometem a próstata são: hiperplasia benigna prostática (HBP), câncer de próstata e a prostatite.

Sobre o Câncer de Próstata

A detecção do câncer de próstata vem apresentando aumento em decorrência disseminação das técnicas de rastreamento em campanhas populacionais que conscientizam a população, derrubando tabus e preconceito.

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Em valores absolutos, é o sexto tipo mais comum no mundo e o mais prevalente em homens. Acomete a região periférica (externa) da próstata em 95% (por isso a importância de sempre realizar toque retal, pois alguns casos o PSA pode não elevar-se), não comprimindo a uretra na fase inicial e com isso, não ocasionando sintoma algum.

Quando sintomas urinários manifestam-se e o diagnóstico é maligno, existe a grande possibilidade de já ter espalhado para outras partes do corpo como gânglios, ossos e pulmões. Nessa fase podem aparecer dores pelo corpo, dor no abdôme, perda de peso, anemia e sintomas urinários (quando órgãos do sistema urinário são acometidos).

Os fatores de risco que aumentam a probabilidade de tumor de próstata estão sendo estudados, sendo os principais: idade (quanto mais velho de 45 anos maior é o risco), histórico familiar (parentes diretos com tumor de próstata) e afro-descendentes.

A rotina do check-up anual deve ser constante na vida dos homens acima dos 45 anos e 40 anos com fatores de risco para câncer de próstata, mesmo que não apresentem nenhum sintoma, pois se aumenta as chances de detecção precoce de tumores de próstata em fase inicial.

Nessa rotina realiza-se o exame digital da próstata (toque retal) associado ao PSA para que se obtenham melhores resultados na detecção precoce do tumor prostático, iniciando o tratamento antes que o câncer se dissemine e se torne incurável. Com a alteração em pelo menos um dos dois exames, procede-se a realização de biópsia da próstata para confirmação de do diagnóstico para iniciar o tratamento.

Se você está na idade indicada, mesmo sem sintomas, não seja prejudicado por algo que acompanha a vida do homem há muitos e muitos anos: A OMISSÃO. Não deixe o preconceito lhe causar mal, vença-o.

Dr. Rafael R. Lemos
Médico Urologista – CRM-RS: 23925.

CONHEÇA NOSSOS CURSOS