Compartilhe!
Imagem ilustrativa.

Dia da Bíblia

Imagem ilustrativa.

Artigo extraído de Vida Quebrantada.

“Vocês estudam cuidadosamente as Escrituras, porque pensam que nelas vocês têm a vida eterna. E são as Escrituras que testemunham a meu respeito…” João 5.39

No segundo domingo do mês de dezembro comemoramos o “Dia da Bíblia”. Embora tenha sido uma data marcada por homens, acredito que é bom termos esse dia, para que nós venhamos lembrar desse presente dado por Deus para nos edificar e edificar tantas outras vidas.

O texto de hoje é um resumo da pregação do pastor Luis Carlos Barbosa da Quadrangular de Pompeia, SP, a respeito do dia da bíblia e a importância dela para nós.

A palavra bíblia significa livros. Ela recebeu esse nome por ser composta por 66 livros, sendo 36 livros no Antigo Testamento e 27 no Novo Testamento.

A bíblia foi escrita num período de 1600 anos. Foi escrita por 40 homens escolhidos por Deus, mas com apenas um autor, o próprio Espírito de Deus.

Da mesma forma como temos a constituição que “dita as regras” na sociedade, a bíblia é para o cristão também sua constituição divina, pois é a partir dela ele sabe como deve proceder. Ao contrário da constituição humana que de épocas precisa ser atualizada ou refeita, a bíblia não envelhece, porque a palavra do Senhor é a mesma ontem, hoje e para sempre.

Em II Timóteo 3.14-16, vemos que a bíblia tem a função de guiar, ensinar, habilitar o homem para a obra de Deus e revelar a salvação por meio de Jesus Cristo.

Em II pedro 1.16-21, vemos os profetas que falaram da parte de Deus muitas vezes sem entender a clareza ou a profundidade da palavras ou profecias, apenas obedeceram a voz de Deus, porque algumas palavras não foram escritas para o tempo deles, mas sim para o nosso, para que fossem reveladas em nossos dias. Um bom exemplo foi quando Deus disse para Daniel selar as profecias do livro, ele as selou porque não era para serem reveladas para eles, mas sim para nós. Os profetas ministraram a palavra do Senhor para suas futuras gerações.

No livro de Hebreus vemos a bíblia sendo comparada como uma espada de dois gumes, pois da mesma forma como ela apresenta vida para quem aceita Jesus Cristo como Salvador, ela apresenta morte para aqueles que o recusam.

Abaixo algumas curiosidades bíblicas.

  • Composição: 1189 capítulos;
  • 31.102 versículos;
  • 773.693 palavras;
  • 3.566.480 letras.
  • Maior livro: Salmos – 150 capítulos.
  • Maior capítulo: Salmos 119.
  • Maior versículo: Ester 8.9.
  • Menor livro: II João – 13 versículos.
  • Menor capítulo: Salmos 117 – 2 versículos.
  • Menor versículo: Exôdo – 20 – 13 letras.
  • Livros que não encontramos a palavra Deus: Ester e Cantares de Salomão.

Não devemos nos prender simplesmente a uma data, porque podemos cometer o erro de sermos gratos apenas um dia no ano, mas é muito bom termos um dia para comemorarmos mais esse presente que Deus nos Deus.

CONHEÇA NOSSOS CURSOS