Compartilhe!

Retomando em 2012

Imagem ilustrativa.

“Disse Jesus: Vinde após mim e eu vos farei pescadores de homens”. Mateus 4:19

Quem sabe, em sua sabedoria, o Todo Poderoso tente nos mostrar que o líder pode demarcar o caminho, apontar a estrada que conduz à Paz duradoura, mas que são necessários muitos líderes e muitos povos para construí-la. Eleonor Roosevelt.

Durante esse ano publicaremos periodicamente alguns estudos com ações praticas ministeriais que poderão ajudar na sua caminhada de liderança, não são regras, mas algumas dicas importantes que tenho observado ao longo desses anos a frente do ministério, e na atuação com diversas igrejas em todo o Brasil. Não me sinto melhor e nem preparado para isso, mas tenho sido influenciado por vários lideres os quais tenho observado e tiro proveito de muitos ensinamentos, além das literaturas que tenho feito, quero partilhar também alguns estudos do autor Dr. Alemu Beftu, que tenho lido e sido influenciado por anos.

 

Estágio Inicial

Através da história, Deus tem chamado e usado às pessoas do modo como elas são para se tornarem líderes. Ele as usa com suas personalidades e estilos próprios. Entretanto, Ele continua a construir seu caráter para que se tornem mais semelhantes ao Senhor Jesus Cristo. No estágio inicial de liderança, os líderes sempre questionam como seus estilos de liderança vão se encaixar no chamado de Deus para suas vidas. À medida que seus estilos vão sendo desafiados nas primeiras tarefas e realizações, eles podem começar a questionar se o chamado que ouviram veio de fato de Deus ou de suas próprias mentes.

Essas dúvidas são comuns entre os líderes. Mas com todos os incentivos e promessas de Deus, muitos líderes bíblicos e de nossos dias puderam realizar grandes coisas nos seus primeiros anos de liderança. Deus permite esse sucesso a fim de assegurar aos líderes escolhidos por Ele que o seu chamado para suas vidas é autêntico. Ao mesmo tempo, esses sucessos demonstram aos líderes que seus papéis estão sob a autoridade de Deus e que eles virão como resultado de sua submissão à vontade de Deus.

Este estágio inicial de liderança é caracterizado por:

  • Compreender as pessoas
  • Compreender a historia
  • Compreender o que é um ministério eficiente e eficaz
  • Compreender trabalho de equipe

Obs.: nas próximas mensagens onde trataremos de forma mais profunda cada item.

 

Ação Prática Inicial
Como fazer um planejamento com a igreja para retomada do ministério em 2012.

Uma das coisas que mais escuto dos coordenadores de ministério, nesse caso veredas antigas é: “Eu não tenho Facilitador” ou “Eu não tenho Líder” – Minha pergunta é: “Por quê?”. Algumas sugestões que eu faria se estivesse em uma igreja local para coordenar um ministério é lógico que não é tão simples, mas são estágios que penso trazer resultados positivos para respostas as questões acima. Posteriormente enviarei outros estágios que compreendo ajudá-los nesse processo.

  • 1º Crie sua rede de contato – Recadastramento de dados atualizados; telefone, e-mail, endereço bem como outros meios de comunicação: Facebook, Msn, Orkut, Twitter, Skype e até mesmo um blog ou site. Sem dados atualizados, sem resultados no retorno da comunicação isso é imprescindível ao líder.
  • 2º Crie um ministério com corpo e funções – Inclua pessoas, delegue e distribua funções. Não seja centralizador, deixe com que as pessoas façam. Mostre como, ensine-as, apoie-as, motive-as e principalmente ajude-as a encontrarem o seu ministério para desempenhar a sua vocação e chamado no reino. Lembre-se, você foi levantando por Deus para ajudar as pessoas na busca de sua Identidade e Destino.
  • 3º Iniciar as Ações – Marque reuniões periódicas a cada 30 dias no mínimo com a equipe independente do número de participantes, a maioria dos trabalhos inicia com grupos grandes e por fim deixam de existir por falta de persistência e motivação do próprio líder que fica focado na quantidade e não na qualidade. É melhor ter 10 pessoas comprometidas do que 100 compromisso (trocadilho). Seja fiel, não desmarque as reuniões isso lhe tornará confiável e sua autoridade terá valor. Isso serve também para os seminários.
  • 4º Conteúdo das reuniões – Um dos motivos que mais desanimam as pessoas a fazerem parte de um ministério é a falta de conteúdo de qualidade e objetividade das reuniões, por isso, em um ministério como veredas antigas, o objetivo principal é saber como esta o coração de sua equipe. Nestas reuniões deve haver uma pequena palavra que possa chegar ao coração das pessoas e criar um ambiente de ministração como: A fé do Pardal, Turista ou Embaixador e muitos outros materiais disponíveis na UDF – depois, ser objetivo com o planejamento dos eventos futuros, estabeleça metas. Isso gera uma equipe motivada, comprometida e ministrada, tornando-se apta a continuar e ministrar outros.
  • 5º Manter a fidelidade dessas reuniões – Muitos vão se perdendo ao longo do tempo devido à falta de seguimento e fidelidade nesses passos acima, manter um ministério é necessário disciplina principalmente do líder, pessoas seguem quem continua seguindo – o sucesso de Jesus foi nunca ter parado, ano após ano os seguidores aumentavam, pois viam milagres acontecendo em meios daqueles que caminhavam com Ele.

 

Faça isso e os resultados aparecerão no final do ano!


 

 

 

 


CONHEÇA NOSSOS CURSOS