Compartilhe!

Sua importância na família

Por Karine Rizzardi

 

 

“O que me levou escrever essa coluna foi uma frase que li e me encantei. Não consegui encontrar o autor, mas a frase dizia: “O mundo oferece aos homens e aos pássaros mil lugares para pousar, mas apenas um ninho.”

Juntei essa frase com a lembrança de uma entrevista que assisti de um homem que viajou exatamente 90% dos lugares do mundo todo e ele disse que lugar que ele mais se atraia era pela sua própria casa. Comentou que era muito encantador conhecer lugares e culturas diferentes, mas que quando ficava em sua casa era o que mais lhe trazia significado a sua vida. Finalizou a entrevista dizendo que o homem percorre o mundo à procura da felicidade, mas volta para casa e só a encontra lá.

Que curioso, mas não é novidade para ninguém a importância da vida familiar, mas todos nós temos necessidade de ter uma base de segurança emocional pelo qual retornamos e é lá que alimentamos nossa área emocional. Mesmo que isso demande esforço, é na companhia dos nossos familiares que encontramos colo, aconchego e amor. Penso que passamos maior parte de nossas vidas tentando ganhar o mundo, mas a pessoa mais bem sucedida é aquela que investe na seio familiar, pois ela está consciente que está deixando um legado para outras gerações.

Houve uma dia que eu estava grávida da minha segunda filha e a noite, eu e meu marido fomos levar a mais velha dormir. Vi que antes mesmo de nós falarmos, nossa filha ficou de joelhos no berço, fechou os olhinhos e juntou as mãozinhas para fazer “papai do céu”. Eu olhei aquela cena e vi meu marido também concentrado em fazer a oração e naquele dia eu me senti a pessoa mais feliz do mundo. Coloquei a mão na minha barriga e na minha oração pedi que outras pessoas sentissem o mesmo sentimento que o meu naquela hora, pois eu me senti completamente realizada.

Lane Adams disse que por causa do nosso ego, fazemos o melhor possível em benefício de pessoas com quem pouco nos importamos e nos esforçamos o mínimo em benefício de quem significa muito para nós. Digo isso para aqueles que se dedicam demais para o trabalho ou então, para outros que tem se seduzido facilmente pelos convites a infidelidade. Não vale a pena você jogar toda luta, todas as vitórias e conquistas para entregar na mão de algo que não irá te retribuir emoções na mesma proporção. É o mesmo que você trocar ouro por palha, ou seja, o valor de um não se compara com o valor do outro. Certamente isso lhe oferecerá grandes emoções, mas o custo benefício a longo prazo não é válido.

Tomas Jefferson, que foi homem que mais teve poder quando atuou como presidente dos EUA, ele mesmo disse que os momentos mais felizes de sua vida foram aqueles poucos que ele pôde passar na casa dele, no seio de sua família. Mesmo com todo seu poder, honra e riqueza, nada lhe foi mais significativo que as pessoas que amava.

Família pode dar trabalho, nos suga de vez em quando, nos deixa loucos e até sem rumo as vezes, mas no final… é nossa família. São as pessoas que devemos honrar pois nenhum dinheiro ou conquista gera mais satisfação do que ver um casal dormindo juntinho em uma noite de frio, ver seu filho dar os primeiros passos e duas pessoas envelhecendo juntas, olhando para trás com a certeza de um passado bem vivido.”

 

 

A autora é psicóloga especialista em casais e família
karinerizzardi@hotmail.com

CONHEÇA NOSSOS CURSOS