Compartilhe!

Por que os pais deveriam se envolver com o namoro dos filhos?

Artigo originalmente retirado do site André Nunes.

O processo que leva jovens ao casamento esta cada vez mais nebuloso. É improvável que os filhos que possuem menos experiencia que seus pais, saibam escolher melhor alguém com quem irão passar o resto de suas vidas.

A proposta da Bíblia para levar jovens do namoro ao noivado e do noivado ao casamento, inclui os pais como mentores neste processo. Se olharmos as responsabilidades de todos os pais, a ultima delas inclui entregar os filhos para um relacionamento de casamento duradouro.

Como podemos fazer isso? Muito simples, tudo começa com o namoro a maneira do CORTE.

O QUE É CORTE?

Corte é quando os pais participam da escolha de um potencial namorado(a) dos filhos.

Quando os pais se envolvem na vida amorosa dos seus filhos eles terão muito mais chances de chegar a um casamento duradouro.

Já no namoro de hoje, por falta de maturidade e experiencia na área, ficam fazendo escolhas baseado exclusivamente em coisas do tipo: “gato”, “descolada”, “engraçada”, “bem de vida” e quando descobrem que erraram, encerram o relacionamento com a mesma velocidade que começaram e então, como diriam, “a fila andou”.

Por esta razão é que este modelo tem preparado mais os casais para o divorcio, do que para o casamento.

COMO UM PAI PODE FAZER O CORTE?

No corte os pais firmam 3 compromisso com seus filhos:

  • Estabelecer critérios para o candidato(a), antes de começar um namoro;
  • Estabelecer limites para o relacionamento no namoro
  • Estabelecer um “acordo solene” com os pais, de respeitarem sua opinião quanto o potencial dos candidatos(as).

Quando os pais não fazem isso, os casais de namorados ficam sem proteção. O que acaba levando ao namoro hoje, são os direitos de alguém “casado”, mas sem nenhuma obrigação.

Então quando dizemos que o 1 compromisso são critérios, estamos dizendo que se os filhos não podem pagar a conta de uma lanchonete, também não deveria namorar. Também se as filhas não sabem cozinhar, ou cuidar do seu próprio quarto, por que deveriam iniciar um relacionamento que termina em casamento?

QUAIS CRITÉRIOS PODEMOS ESTABELECER?

  • Que seja cristão. Devemos evitar o “jugo desigual”.
  • Que seja de boa família.
  • Que seja obediente e submisso(a) aos pais.
  • Que seja moral e com princípios.
  • Que seja independente financeiramente.

Você pode e deve estabelecer mais critérios, mas para garantir o mínimo, o potencial candidato deve cumprir fielmente ao menos estes.

QUAIS OS LIMITES NO NAMORO DE CORTE?

Aqui vem a surpresa…

Quem deve estabelecer os limites são os filhos! Afinal os pais não estarão o tempo todo com eles durante o namoro. Estabelecer limites, só funciona se vocês acordarem antes de acontecer o romance em seus corações. Quando eles estão apaixonados e você traz limites, então eles serão bem mais flexíveis neste assunto. Acredite nisso!

A Bíblia diz que todas as coisas são permitidas, mas nem todas convém. 1 Corintios 6:12. Independente se eles irão se abraçar, beijar, ficar sempre juntinhos ou não, os limites precisam ser estabelecidos, sempre antes.

Ainda em 1 Corintios 6:18, a Bíblia faz então a recomendação do que não fazer no namoro. O texto diz para não ter relacionamento sexual antes do casamento, porque todos os pecados que cometemos, o fazemos fora do corpo, mas quem fornica, peca contra o próprio corpo, do qual é morada de Deus, através do Espírito Santo.

O sexo é maravilhoso, mas foi criando para o momento do casamento. Aquele que esta inclinado a ter o relacionamento sexual antes do casamento, deve então apressar-se até o matrimônio, para então desfrutar do direito recobrindo-se com honra.

Hebreus 11:4 diz que sobre todas as coisas que devemos honrar, honremos todos o matrimonio, fazendo com que nossa cama seja imaculada.

Eis o motivo porque muitos jovens se casam mais tarde, com seus 28 a 30 anos. Eles requereram pra si mesmos, os direitos de casados e sem qualquer pressão.

Será que eles esperariam da mesma forma se fossem fieis aquilo que a palavra diz sobre o relacionamento sexual e a pureza no coração?

Deus instituiu o sexo para levar os jovens ao casamento. Quando eles ignoram o processo que Deus instituiu, então toda a pressão sai e eles acabam priorizando a carreira, vida financeira, felicidade e a autorecompensa, antes do casamento.

Podemos ajudar nossos filhos, simplesmente fazendo um compromisso de namoro dentro dos padrões da Bíblia e se eles se inclinarem ao desejo sexual, então os pais devem acelerar os preparativos para o casamento.

QUAL O ACORDO SOLENE QUE OS PAIS DEVEM FAZER COM OS FILHOS?

Trata-se de como irão receber e avaliar os candidatos de seus filhos.

Se for menina, ela deve se comprometer a não ter amizade ou conversas com interessados, antes de envia-los para conversar com seu pai.

Isso mesmo, antes de trocar mensagens no WathsApp de sua filha, primeiro o pai deve conhece-lo. Na verdade, qualquer um que se interessar e quiser se candidatar, deve ser instruído por sua filha a agir desta forma.

Assim, mais da metade daqueles que só queriam aproveitar de sua filha, irão simplesmente desaparecer. Mas é possível que apareça alguém de valor e então teste nele os critérios que você estabeleceu para o potencial candidato. Se ele não tiver todos, diga que você não autoriza o namoro e ponto final. Caso ele tenha potencial, então apresente os limites e traga-o para perto de você.

O pai é o modelo de homem de toda filha. Por isso ele deve dizer se o candidato tem condições de fazer sua filha feliz.

Mas se seu filho é um menino, então você deve instruí-lo a lhe avisar caso apareça alguma menina que lhe interesse. Você deve conversar usar os mesmos critérios para saber se ela também tem potencial. Se tiver deve instruir seu filho a procurar o pai dela e perguntar se ele aprova o relacionamento com sua filha. Afinal, o que é bom para sua filha, deve ser bom para filha de alguém também!

Instrua seu filho quanto aos limites e traga-los para perto de vocês. A mãe é o modelo de mulher dos filhos. Ela deverá dizer se a candidata tem potencial de cuidar de seu filho, assim como ela cuidou também.

PARA QUE SERVE O NOIVADO?

Noivado é um período destinado aqueles que tem convicção do casamento. Não é recomendado assumir este compromisso se ainda houver duvidas.

Este período é fundamental para preparar as “bodas”, ou seja, preparativos da festa de casamento, cerimonia religiosa, os votos personalizados, decoração, estilo, lua de mel, convidados, questões legais, família, dentre outras mil coisas relacionadas a cerimônia do casamento.

Por isso este período deve ser curto o suficiente para acertar os preparativos para o casamento.

QUAL AS REFERENCIAS BÍBLICAS DE NOIVADO E CASAMENTO?

Em Sua Palavra, Deus usa este estado entre Cristo e Sua Igreja hoje, como um noivado. A igreja é chamada a “NOIVA” do Senhor Jesus Cristo e as “BODAS do CORDEIRO” o casamento que acontecerá nos céus.

Isto é muito precioso como modelo de relacionamento de amor que Cristo. Ele também assumiu o compromisso de e da Sua promessa de voltar para receber-nos e do Seu desejo ardente de estar com a Sua igreja durante a eternidade. Também traz uma lembrança solene sobre como devemos viver neste tempo enquanto esperamos aquele dia. A igreja deve ser como uma “virgem pura a um só esposo, que é Cristo” (2 Co 11:2,3) e a mistura com o mundo é considerada como infidelidade ao Senhor (Tg 4:4,5).Também como as noivas faziam durante o desposado as suas próprias vestes para seu casamento, nós estamos agora na fase de preparar o “linho finíssimo” que são “os atos de justiça dos santos” que será a nossa recompensa e glória futura na manifestação de Cristo com a Sua igreja (2 Co 5:9, 1 0; CI 3:4).

Esta solene comparação deve-nos ajudar a manter a pureza e santidade que o Senhor quer de cada um dos Seus, e também deve ajudar muito os jovens salvos a manter a pureza e santidade pessoal que Deus quer durante o seu noivado.

André Nunes
Consultor e Treinador da UDF

CONHEÇA NOSSOS CURSOS